Metrô SP Monotrilho

Prefeitura estuda PPP para Monotrilho da M’boi Mirim

A prefeitura de São Paulo parece insistir com a ideia do Monotrilho. Um grupo privado interessado na construção do modal na estrada do M’boi Mirin, sob forma de uma PPP (Parceria Público Privada). A prefeitura estuda o caso. Esta parceria propõe a construção de 20 km de linha suspensa, o que seria a 1ª fase (11 km, entre Jardim Ângela e Santo Amaro) e a 2ª fase (Santo Amaro e Vila Olímpia).


O projeto completo do monotrilho do M’Boi Mirim prevê a construção de 34 km, entre Jardim Ângela e Vila Sônia, com investimento de R$ 3,4 milhões.


Por outro lado o Metrô de São Paulo estuda a extensão de 5,5 km da Linha 5-Lilás. Seria um prolongamento da estação terminal Capão Redondo até o terminal Vila Ângela, onde fará integração com o futuro monotrilho do M’Boi Mirim. Essa extensão substituirá parte do traçado inicialmente previsto para o monotrilho.


Com a extensão da Linha 5-Lilás e construção do monotrilho, o terminal será multimodal, recebendo ônibus municipais e intermunicipais, além do monotrilho e do metrô.


Com as informações de Revista Ferroviária



Renato Lobo é Técnico em Transporte Sobre Pneus e Transito Urbano.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!