CPTM

Frio provoca fissura em trilho da CPTM

A temperatura baixa nesta madrugada, que foi a menor desde 2003, provocou uma fissura no trilho da Linha 7-Rubi da CPTM. A ocorrência foi registrada entre as estações Jaraguá e Pirituba. Por volta das 6h, o trecho ficou parado durante 15 minutos para avaliação e apenas uma via estava sendo utilizada pelas composições.


Segundo a companhia, a via foi liberada, mas os trens circulavam com velocidade reduzida a 40 km/h por volta das 9h. A velocidade habitual é de 80 km/h no trecho. Após o horário de maior movimento, a empresa deve interditar o trecho para realizar uma solda na fissura, ou seja, maiores intervalos no horário de vale, fique antento.


A CPTM diz que o frio pode provocar fissura no trilho, que é de aço, apesar de não ser comum este tipo de ocorrência, mas com esse frio…Não é a primeira que isso acontece em trilhos de trens de São Paulo. Apesar do intervalo de tempo maior entre as composições, não há repercussões nas estações, diz a companhia em nota.



Renato Lobo é Técnico em Transporte Sobre Pneus e Transito Urbano.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!