Prefeitura de SP quer aumentar sinalização para que multa seja “exceção”

Com o intuito de diminuir o número de multas na cidade de São Paulo, a Prefeitura pretende adotar um programa onde haverá uma maior sinalização nas vias da cidade, começando perto dos radares campeões de autuações.

O secretário municipal de Transportes e Mobilidade, Sérgio Avelleda, disse nesta segunda-feira, 6, que a sinalização será reforçada para avisar ao condutor sobre a aproximação dos equipamentos, com o objetivo de tornar a multa “uma exceção”.

O atual radar campeão é o da chegada a capital pela Rodovia dos Imigrantes media de 18.800 em média por mês, ou uma autuação a cada dois minutos.

“Já estamos começando uma conversa com a Ecovias para fazer uma melhor sinalização ao longo da rodovia na chegada a São Paulo, de maneira que ele ( o condutor) possa reduzir a velocidade”, disse Avelleda.

Outro radar recorde de multas é o do acesso a Ponte das Bandeiras, pela Marginal Tietê.

“Ali, vamos melhorar muito a sinalização de solo e a orientação do condutor. Vamos mudar o radar de lugar. Vamos dar uma oportunidade de ele (o motorista) mudar o comportamento dele ao sair da pista que nós vamos criar para ele acessar a Ponte das Bandeiras”, explicou o secretário.

“Não vamos reduzir número de radares, nem desligar, nem anunciar onde está o radar. O que queremos fazer é que o condutor seja bem orientado sobre a conduta desejada naquele ponto”, afirmou. “Ninguém sai de casa de manhã querendo ser multado. Se a pessoa for bem orientada e bem sinalizada, a autuação vai ser uma exceção.”


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.