Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Sindicato diz que operadores serão retirados do monotrilho

O sindicato dos metroviários publicou uma carta aberta dizendo que a companhia deve retirar os operadores do monotrilho da Linha 15-Prata.

Desde sua inauguração, em 30 de agosto de 2014, o meio de transporte é operado sem que o “maquinista” esteja a frente da composição. O trabalhador acaba monitorando o sistema a distância, além de exercer uma função mais abrangente.

De acordo com o sindicato, “ele [operador] pode evitar uma colisão entre trens e atuar em caso de estouro de pneu ou numa falha do sistema”. Segundo a entidade, “há casos em que a atuação do operador evitou acidentes graves”.

O grupo ainda acusa o governo estadual em “garantir uma linha com o mínimo de funcionários e máximo de lucro para a CCR“. O grupo privado acabou vencendo o leilão de operação da Linha 15, mas a licitação acabou sendo barrada pela justiça.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios