Trens Regionais

Governo assina convênio com seis cidades para Trem SP-Campinas

Enquanto o edital do eixo norte do TIC – Trem InterCidades entre São Paulo e Campinas não sai, o Governo Estadual assina convênios na região de Campinas para viabilização do meio de transporte.

O Governador Rodrigo Garcia assinou nesta segunda, 18 de abril, os convênios entre o Governo do Estado de São Paulo com os municípios de Campinas, Franco da Rocha, Louveira, Francisco Morato, Várzea Paulista e Vinhedo para a viabilização da primeira etapa do Trem Intercidades (TIC). Os convênios darão garantias e condições jurídicas, financeiras e técnicas para a implantação do serviço.

Segundo o comunicado do governo estadual, os acordos resultarão em cooperação mútua e união de esforços entre os municípios e o Estado por cinco anos, com prorrogação se necessário. Por meio deles, é garantido o acesso facilitado a informações que viabilizarão o TIC Trecho Eixo Norte — como a legislação municipal atualizada (Plano Diretor, Lei de Uso e Ocupação de Solo, entre outros), as limitações administrativas e até mesmo a existência de patrimônio tombado. Além disso, será possível realizar eventuais ajustes em leis municipais, como as leis urbanísticas.

O Trem Intercidades é um projeto desafiador, já que conectará a Linha 7-Rubi, da CPTM, que vai até a estação Jundiaí, à malha ferroviária para que possa chegar até Campinas. É o primeiro trem intermunicipal no Brasil desde a década de 1970, que vai resultar em melhor qualidade de vida com uma maior mobilidade”, afirma o governador Rodrigo Garcia.

“Estamos determinados a tirar o TIC do papel. Sabemos que a população espera há muito por um novo modal que conecte a capital do Estado a Campinas e estamos empenhados, justamente, em suprir todos os entraves para torná-lo realidade. Nossa prioridade é dar acesso às pessoas a um transporte com cada vez mais qualidade e rapidez, com altos padrões de segurança e conforto”, diz Paulo Galli, Secretário de Transportes Metropolitanos.

Renato Lobo | Via Trolebus

Sem previsão

O lançamento do edital de licitação para o Trem InterCidades entre São Paulo e Campinas poderá sofrer novos atrasos, segundo algumas reportagens entre elas do G1.

O texto relata que o governo de São Paulo fala em existência de entraves com o governo federal e a empresa MRS Logística. Era esperado que o edital seria lançando em abril.

“A publicação do edital do Trem Intercidades deverá ser realizada após a resolução de entraves de convênio que estão pendentes com a MRS e com o Governo Federal. Com tais questões definidas, o edital será publicado”, informa trecho da nota da Secretaria de Transportes Metropolitanos.

Já a MRS informou que as tratativas com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) “vem evoluindo” com objetivo de firmar convênio. “Não temos dúvidas de que a segregação entre os trens de carga e de passageiros na Região Metropolitana de São Paulo trará ganhos significativos para ambos os sistemas”, diz nota sem especificar, também, quais são os entraves.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios