VLT

VLT de Recife ganha nova estrutura, que deve reduzir intervalo

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU entregou a segunda ponte ferroviária sobre o Rio Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho. O eixo de transporte é por meio de um Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT integrado ao Metrô do Recife, e a estrutura entregue teve um investimento de R$ 11,4 milhões em recursos federais.

O projeto de duplicação da Linha Sul Diesel deve beneficiar cerca de 21 mil passageiros que usam a ligação e poderão fazer o trajeto de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, ao Cabo de Santo Agostinho, em menos tempo. A quantidade de estações passará de quatro para seis e o tempo de percurso entre as estações do VLT cairá de 51 minutos para 23 minutos.

“A duplicação da linha do VLT no Recife está se tornando realidade. Quando concluída, vamos reduzir pela metade o tempo de espera e aumentar a capacidade da linha em quase dez vezes. Estamos falando em melhorar a vida das pessoas, graças ao empenho desta gestão”, disse o diretor-presidente da CBTU, José Marques.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios