TAV

Por que o trem bala entre Rio e São Paulo não saiu do papel?

Em entrevista ao Flow Podcast concedida há alguns meses, o ministro da infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, falou a respeito do projeto de Trem de Alta velocidade, entre Rio e São Paulo. O vídeo foi gravado há meses, mas um corte com o trecho tem viralizado nas redes sociais.

De acordo com o titular da pasta, falta viabilidade financeira para colocar o projeto de pé, e ainda desafios de ordem de engrenharia:

O que não fez esse projeto prosperar? Uma incerteza muito grande no ponto de vista de engenharia. Então tem uma questão topográfica pra você vencer. O trem precisa se acomodar a determinados raios de curvatura, inclinações de rampas. Então isso torna a obra muito cara. Estávamos falando de uma obra que não se sabia quanto custava, mas na ordem de R$ 40 bilhões, talvez até mais.”

De acordo ainda com o ministro, as operações de passageiros vão ficar de pé quando o Brasil explorar as receitas acessórias, ou seja, não depender exclusivamente da tarifa, e aliar outros empreendimentos ao serviço de transporte.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios