VLT

Operação de Metrô no Reino Unido é suspensa após rachadura em VLT da Caf

O Metrô de Birmingham, no Reino Unido, anunciou que suspendeu os serviços por pelo menos quatro semanas após rachaduras em Veículos Leves sobre Trilhos do modelo da Caf Urbos 3, de acordo com o site Metro Report.

O fabricante descobriu rachaduras durante as verificações de manutenção em junho, e os serviços foram suspensos de 11 a 15 de junho, enquanto as inspeções e reparos temporários eram realizados. Foi agora determinado que são necessários reparos mais extensos e permanentes.

O operador informou que “para garantir a segurança futura de nossos clientes e colegas“, havia tomado a “difícil decisão” de suspender todos os serviços. Já a fabricante disse ao site que não comentaria até que tivesse todas as informações necessárias.

A Transport for New South Wales relatou que as rachaduras na área do piso sobre as rodas tinham até 300 mm de comprimento e precisavam ser corrigidas antes que se propagassem mais, o que poderia envolver o reforço dos veículos para evitar uma recorrência.

O gerenciadora disse ainda que pretende notificar os operadores de até 1.000 sistemas que usam o modelo em todo o mundo, já que “essa mesma falha de projeto provavelmente será um desafio para seus sistemas também“.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios