TAV

Alstom, Bombardier, CAF e Siemens são multadas na Espanha por Cartel

A Comissão Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC) da Espanha multou em um valor de € 127,3 milhões a Alstom, Bombardier, CAF Signaling, Cobra, Nokia, Siemens Rail, Siemens SA e Thales. Dez de seus executivos foram multados em € 483.000, por sua participação em um cartel.

A Cobra foi multado em € 30 milhões, Nokia € 24 milhões, Alstom € 22 milhões, Siemens Rail € 18,9 milhões, Thales € 17,02 milhões, Siemens SA € 10 milhões, Bombardier € 3,686 milhões e CAF Signaling € 1,73 milhões. Três administradores foram multados em € 60.000, um € 54.000, um € 53.000, um € 50.000, um € 43.000, um € 41.000, um € 34.000 e um € 28.000.

Informação prestada pela Siemens Rail e Siemens SA e pelo seu administrador Gonzalo Martinez Delgado, resultou numa redução de 50% nas respetivas multas, o que significa que a Siemens Rail terá de pagar € 9,45 milhões, a Siemens SA € 5 milhões e a Delgado € 17.000.

A comissão argumenta que as empresas criaram um cartel que distribuiu de forma fraudulenta pelo menos 82 licitações do Ministério do Desenvolvimento, do ex-Gerente de Infraestrutura Ferroviária (GIF) e posteriormente, da atual gestora de infraestrutura Adif, entre 2002 e 2017 para construção, execução de obras, fornecimento, instalação, comissionamento e manutenção da segurança e comunicações das redes de alta velocidade espanholas (AVE) e convencionais.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios