Mobilidade Urbana

Santo André vai revitalizar Pátio Ferroviário de Paranapiacaba

A prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, informou que a Vila de Paranapiacaba terá mais um espaço histórico restaurado. De acordo com comunicado da administração municipal, a empresa Brasil Restauro concluiu os projetos executivos para trabalhos no Pátio Ferroviário. Foram finalizadas as propostas técnicas e indicações de futuras obras para requalificação e conservação das áreas das antigas estações Alto da Serra e Paranapiacaba.

“O trabalho pela recuperação de Paranapiacaba é permanente e uma das prioridades da gestão. Nosso esforço é viabilizar a revitalização de todos os espaços com relevância histórica e o Pátio Ferroviário é um dos destaques. Será uma importante obra que vai se somar a outras revitalizações realizadas na Vila, entregues pela Prefeitura, MRS e comunidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente de Santo André, Fabio Picarelli.

O projeto executivo, patrocinado pela MRS Logística, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, tem valor aprovado de R$ 445.570,69. “Desenvolver projetos executivos consistentes e bem estruturados é muito importante. Eles podem orientar ações do poder público e ser a base para iniciativas autossustentáveis, que gerem emprego, renda e deem novos significados às áreas preservadas ou recuperadas. O potencial turístico, por exemplo, do patrimônio histórico ferroviário é alto. É preciso organizar as formas de atuação e atingir resultados positivos para toda a comunidade local”, afirma o gerente geral de Relações Institucionais da MRS São Paulo, José Roberto Lourenço.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

De acordo com a arquiteta Fabiula Domingues, a conclusão dos projetos executivos é mais um passo para melhorias na região das plataformas da Torre do Relógio e da antiga Estação Alto da Serra. “Traz um olhar contemporâneo aos remanescentes da antiga estação Alto da Serra, encontrados durante os trabalhos de campo, inseridos em um novo contexto social com a implantação de uma praça. Nossa linguagem arquitetônica enaltece toda história das estações seguindo as premissas dos órgãos de preservação consonante aos anseios ilustrados pela pesquisa inédita feita com a população residente”.

A pesquisa histórica possibilitou resgatar todos os projetos da estação original, de modo que foi possível identificar as áreas do prédio, como administração, bilheteria, sanitários e cozinha dos funcionários.

É previsto ainda grandes gramados para que as pessoas permaneçam no local contemplando toda a Vila e a torre do relógio. Serviços de alimentação, sanitários e espaço comercial poderão ser instalados em vagões de trens adaptados para estas funções. Uma biblioteca itinerante, em um vagão, também foi idealizada para emprestar livros e guardar pequenas bicicletas reversíveis para serem usadas na Vila. A adequação da bilheteria do Museu Funicular garantirá fluidez e melhor atendimento ao visitante.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios