Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Metrô multa construtora responsável pelas obras da Linha 17-Ouro

O Consórcio TIDP Linha 17-Ouro, formado pelas empresas TIISA e DP Barros, que era responsável pelas obras do monotrilho que vai ligar o Aeroporto de Congonhas e a estação Morumbi, foi multado pelo Metrô de São Paulo em R$ 1,9 milhão.

O consórcio era responsável pelas obras de sete das oito estações: Aeroporto Congonhas, Washington Luiz, Brooklin Paulista, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro e Chucri Zaidan.

De acordo com informações do Diário Oficial, o TIDP não cumpriu as cláusulas contratuais e seus prazos, além de trabalhar com morosidade.

A promessa de entrega da Linha 17-Ouro é para 2022.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios