Monotrilho

Governo declara desapropriações para extensão do monotrilho até o Ipiranga

O governo de São Paulo decretou de utilidade pública para desapropriação, novos imóveis entre as estações Vila Prudente e Ipiranga, situados em seis terrenos, que somam área de 30.861 metros quadrados. No começo da semana, áreas de desapropriações no trecho entre Jardim Colonial e Jacu-Pêssego foram decretadas.

Sobre a extensão até o Ipiranga, as áreas estão entre o encontro das avenidas Henry Ford e Luiz Inácio de
Anhaia Mello, no alinhamento da rampa de acesso ao Viaduto Grande São Paulo, fundos dos imóveis do alinhamento ímpar da Avenida Presidente Wilson, todas confrontando com a faixa da ferrovia. Há um temor por parte de lideranças populares de desapropriações de comunidades que ficam na região.

Relatórios do Metrô apontam que a companhia estabelece como prazo, a entrega do trecho entre Vila Prudente e Ipiranga em meados de 2024, assim como a extensão leste, até a Jacu-Pêssego. A estação Ipiranga deve ser totalmente remodelada para conexão entre a Linha 15 e a 710 da CPTM. No futuro, o ponto de conexão ainda pode abrigar uma conexão com a Linha 5-Lilás do metrô.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios