Ônibus

Curitiba segue com 45% a menos de passageiros nos ônibus

O movimento nos ônibus de Curitiba ainda é 45% menor do que o período antes da pandemia, segundo um comunicado da Urbanização de Curitiba (Urbs), que informou que mantém uma frota reserva nos principais pontos da cidade para fazer frente ao aumento do número de passageiros.

O volume de passageiros, no entanto, vem crescendo com o avanço da vacinação e o retorno do trabalho presencial em muitas empresas. O transporte coletivo na capital do estado paranaense registrou um crescimento no movimento de usuários de 7% no último mês. A média diária, em dias úteis, está em 410 mil passageiros, e antes da pandemia, era de 756 mil.

A frota reserva conta com 100 veículos dos modelos Expresso, Linha Direta, Interbairros, Alimentador e Convencional distribuídos pelos principais terminais e pontos de grande movimentação, como a Praça Rui Barbosa e as estações-tubo Central e Praça Eufrásio Correia.

“A frota reserva, prevista no contrato, equivale a 10% da que está na ativa e a utilizamos para poder atender a demanda, principalmente nos horários de pico”, diz Ogeny Pedro Maria Neto, presidente da Urbs.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios