Ônibus

BRT de Sorocaba completa primeiro ano de operação

O sistema de corredor de ônibus de Sorocaba por meio de um Bus Rapid Transit – BRT completou 1 ano de operação, chegando a marca de 7 milhões de passageiros transportados ao longo deste período. Conta com uma frota de 87 veículos.

A empresa operadora diz ainda que 72% dos passageiros consideram o serviço de transporte oferecido pelo BRT como ótimo ou bom. Ainda na escala de ótimo ou bom, 96% dos participantes sinalizaram o conforto, 86% classificaram a segurança neste patamar e 84% disseram que a rapidez nos deslocamentos também é ótima ou boa.

O chamado BRTS iniciou suas atividades em 30 de agosto de 2020, com a ativação do Corredor Itavuvu/Terminal Vitória Régia e, no primeiro semestre de 2021, realizou a entrega do trecho Corredor Ipanema/Terminal São Bento.

A concessionária conta com 1902 câmeras distribuídas nos veículos, estações, terminais e vias, nas 482 telas embarcadas, em abrigos, estações e terminais, nos 380 dispositivos de bilhetagem ou nos 17 ATMs (Automatic Teller Machines). Conta também com 462 computadores de bordo, 330 antenas, 110 km de fibra ótica e 48 servidores.

Para Manoel Ferreira, diretor de operações do BRT Sorocaba, em um ano de atividades, o balanço é satisfatório e animador. “O investimento em tecnologia nos permite entregar um serviço de transporte coletivo com mais qualidade, autonomia e autossuficiência. Estamos muito contentes, pois o BRT foi inaugurado em um momento muito difícil de adversidade, devido à pandemia. Tivemos muitos desafios, mas conseguimos vencer. Concluímos a fase de implantação, começamos a operação e, hoje, estamos comemorando o sucesso de um sistema que chegou para facilitar a vida dos sorocabanos. Oferecemos um transporte com benefícios de embarque rápido, conforto, acessibilidade e segurança que fazem a diferença no dia a dia das pessoas”, afirma.

Além dos corredores exclusivos e dos terminais, o projeto requalificou 10 vias (Av. Itavuvu, Av. Ipanema, Av. General Osório, Av. Comendador Oetherer, Av. Comendador Pereira Inácio, Av. Washington Luís, Av. Antônio Carlos Comitre, Av. Gisela Constantino, Av. Izoraida Marques Peres e Av. São Paulo) e 91 pontos de paradas distribuídos nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro. As avenidas receberam uma faixa especial de concreto e um novo asfalto. Já, os pontos de parada ganharam um mobiliário urbano com cobertura, assentos, espaço reservado para cadeirante, tomadas USB, placas solares e painéis informativos que indicam a chegada do ônibus.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios