CPTM Trens Regionais

Serviço de passageiros até Campinas terá 23 novas composições

O atendimento ferroviário semi-expresso entre a estação Palmeiras-Barra Funda e Campinas, o chamado TIC- Trem Intercidades, deve contar com uma frota de 15 trens, segundo uma apresentação de uma associação, conforme revelou o site Metrô/CPTM. As composições terão tecnologia para operar em até 160 km/h, mas não devem passar de 100 km/h.

Já sobre o atendimento entre Francisco Morato e Campinas, o chamado TIM – Trem Intermetropolitano, serão mais 8 composições.

Durante uma audiência na Câmara de Campinas que debatia a implantação do Trem, membros do governo estadual informaram o valor do trem parador será o mesmo praticado nos demais serviços da CPTM, que hoje é de R$ 4,40, diferente do serviço expresso (TIC), que será um serviço seletivo, com tarifa diferenciada e todos os passageiros sentados.

Outro ponto revelado do Trem Intermetropolitano parador é o intervalo, que será de 20 minutos, diferente do trecho entre Francisco Morato e São Paulo, que terá intervalos de 4 minutos. A velocidade comercial será de 56 km/h, e o tempo de viagem entre Campinas e Francisco Morato será de 1h08min.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Isto está me cheirando campanha eleitoral.
    Há anos os tucanos falam em trens regionais e sempre inventam histórias para justificar a não implantação desse projeto.
    Sempre em 4 em 4 anos vem com esta história da carochinha.
    E o povo de São Paulo que se julga tão culto e superior vem engolindo os tucanos a mais de 30 anos.
    Antes que alguém venha falar que sou um petista ou bolsonarista de outro estado, aquí está a resposta;
    Sou de São Paulo e NÃO APOIO E VOTO em partido algum!

    • Não acredito que seja promessa eleitoral, algumas ações no sentido de tirar do papel esse primeiro TIC já foram tomadas e como o site bem tem noticiado há entraves federais, como a renovação de concessão, mais creio que em breve isso será resolvido. Tenho 40 anos e sou de uma época em que viajar de trem pra o interior de SP era algum comum, infelizmente o partido político que está no poder tornou deficitário esse meio de transporte e há 10 anos, pelo menos, tenta recomeçar. Em resumo, antes tarde do que nunca.

  • #PSDBNUNCAMAIS
    Foi o Serra e o Covas que ignoraram o pedido do então Magalhães Teixeira para ter uma CPTM para a RMC, com a central em Campinas.
    Logo depois, acabam com o transporte de passageiros por trens pelo interior do estado.
    Vamos aguardar os próximos capítulos, e implorar que o Estado de São Paulo deixe de ser o Tucanistão da marcha a ré.
    Logo logo, será a indústria e a economia mineira que irá arrastar a combalida economia brasileira (e não mais a paulista), por obra e graça de FHC, Serra, Covas, Alkimin, Dória…

Publicidade

Anúncios