Estacionamento de trens Rapadura
Metrô SP

Obras da Linha 2-Verde do Metrô tem nova vitória na justiça

O processo de expansão da Linha 2-Verde do Metrô entre a Vila Prudente e a Penha deve ter ajuda com uma vitória na justiça a respeito de um dos canteiros de obras. Trata-se do complexo rapadura, vital para a operação, e também para a montagem da tuneladora que vai escavar os túneis.

O conselheiro Roberto Braguim revogou a ordem de suspensão dos efeitos do Termo de Permissão de Uso a Título Precário e Provisório nº 003/SUB-AF/2020, que impedia obras no futuro estacionamento de trens. A decisão cita manifestação favorável emitida pela Coordenação de Licenciamento Ambiental/CLA da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente/SVMA, sobre pedido de permissão do uso das áreas municipais.

O processo de construção estava barrado na justiça após um grupo de moradores protestar contra a retirada de árvores na região. Algumas espécies seriam exóticas.

O Complexo Rapadura

A expansão do Metrô deve reduzir poluentes atmosféricos em 195 toneladas/ano, gases de efeito estufa em 19.806 toneladas/ano e consumo de combustível em 9,7 milhões litros/ano.

De acordo com um oficio encaminhado à Assembleia Legislativa no ano passado, que prestava esclarecimentos sobre “medidas necessárias para impedir a supressão de árvores de espécies nativas e exóticas” no local, a apresentação mostra a importância do complexo, tanto para o andamento das obras quanto para a operação do meio de transporte, que quando inaugurado, vai permitir o transporte direto entre a Vila Madalena e a Penha.

Importância para as obras

De acordo com o documento, o local que teve as obras liberadas será usado para “emboque da TBM responsável pelos túneis da Fase-1”, ou seja, por onde o tatuzão será montado e iniciar as escavações rumo à Vila Prudente. O trecho é conhecido trecho 1. Já o trecho 2 da escavação, será entre Penha e de volta ao Complexo Rapadura.

Importância para a operação

O documento diz ainda que o local deve abrigar uma base de manutenção da Linha-2, com oficina para manutenção corretiva e limpeza de trens, além de área de manobra e acesso de trens e pessoas para os túneis de estacionamento.

Serão ao todo 4 túneis para estacionamento de oito trens. Haverá ainda salas para apoio a operação da Linha 2-
Verde: Salas técnicas, oficinas, almoxarifados, escritórios.

A previsão é que o trecho entre Vila Prudente e Vila Formosa fique pronto em 2025, e até a Penha, em 2026.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Espero que o próximo governador faça a licitação do restante das estações até Guarulhos, de qualquer forma são mais 8 estações para o povo, não vejo o corte de algumas árvores como impeditivo para tal avanço tão grande na mobilidade

Publicidade

Anúncios