Estacionamento Rapadura | Foto: Página "Linha 2 Verde Vila Prudente e Penha" no Facebook
Metrô SP

TCM quer esclarecimentos sobre terreno das obras da Linha 2-Verde do Metrô

A Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão deverá presta esclarecimentos ao Tribunal de Contas do Município – TCM informações sobre um Termo de Permissão de Uso (TPU) de uma área pública localizada na Rua Angoera, no Jardim Têxtil, para obras da Linha 2-Verde do Metrô, que está sendo expandida entre Vila Prudente e Penha, de acordo como Diário Oficial do Município desta sexta-feira, 21 de maio de 2021. A área foi cedida pela Subprefeitura para instalação do Complexo Rapadura, que será um estacionamento de trens.

O local já teve outras polêmicas envolvendo as obras. A construção do complexo poderia acarretar no corte de 365 árvores. O Metrô alegou que foi autorizada pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e disse que a obra trará benefícios ambientais como redução de congestionamentos e de consumo de combustível fóssil pelo maior uso do modal metroviário pela população.

Os moradores, por sua vez, argumentam que as construções poderiam ser movidas para um terreno a 200 metros da praça, mas a companhia não esta de acordo, pois seria necessário criar um novo projeto, o que sairia muito mais caro pois a área em questão fica numa elevação 40 metros superior à praça, o que exigiria uma escavação muito profunda para chegar no local onde os túneis da Linha 2 precisarão ser abertos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios