CPTM

Jundiaí quer estender Expresso Turístico da CPTM até o Complexo Fepasa

A prefeitura de Jundiaí quer estender o Expresso Turístico da CPTM em quase dois quilômetros, até o Complexo Fepasa. O serviço turístico liga as estações Luz e até o município.

Em um comunicado, o poder público informou que o vice-prefeito, Gustavo Martinelli, e o gestor da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), Marcelo Peroni, apresentaram ao presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, Pedro Moro, uma proposta de integração para que o desembarque do expresso turístico no Complexo Fepasa.

A proposta de reorganização do Complexo Fepasa pela Prefeitura visa devolvê-lo ao uso da cidade, de modo conectado ao Centro Histórico. Além de um Plano Diretor para seu uso aprovado pelos órgãos de proteção, entre outros recursos destinados e prospectados, temos R$ 400 mil aprovados pelo MIT – Municípios de Interesse Turístico, que pretendemos investir em plataforma de desembarque na ala histórica do Complexo, se a CPTM tiver interesse em estender o percurso do expresso”, afirmou Marcelo Peroni.

Já Pedro Moro prometeu avaliar as questões técnicas da proposta. “A Companhia precisa agora avaliar as questões técnicas e operacionais, uma vez que não identifico impeditivos conceituais. Como a locomotiva é movida à diesel, não seriam necessárias adequações elétricas no trecho, mas precisamos inspecioná-lo e verificar como integrá-lo ao nosso painel de controles, que monitora todas as locomotivas. Faremos uma vistoria técnica para, em seguida, podermos retomar as tratativas”, diz Moro.

O Complexo Fepasa é o único patrimônio material do Município com tombamento em nível nacional, registrado no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ideia excelente!

    Sem considerar os aspectos técnicos que devem ser avaliados, a ideia deveria ter sido implementada desde a criação do expresso turístico. Jundiaí não tem somente como atração o Complexo FEPASA, mas temos que combinar que se o pessoal faz um passeio de trem (sendo que poderia fazer de carro mas opta por algo diferente), nada melhor do que ter a possibilidade de visitar um marco importante da história daquela ferrovia. Basicamente é isso que move, por exemplo, a boa parte do pessoal a ir para Paranapiacaba, que aproveita o passeio para andar pela vila, visitar o museu e até andar na Maria Fumaça.

    Tomara que olhem isso com carinho e atenção que merecem e não venham a medir esforços para tornar o projeto executável.

Publicidade

Anúncios