Metrô SP

Metrô retira prazos em relatório para CBTC e portas de plataforma nas linhas 1 e 3

Em seu novo relatório de empreendimentos do Metrô, datado do mês de dezembro de 2020, a companhia não menciona mais prazos para implantação de equipamentos e sistemas nas Linhas 1-Azul e 3-Vermelha, que devem ajudar na operação dos dois eixos metroviários de maior demanda na capital paulista.

Sobre o novo sistema de sinalização, o CBTC, o prazo era que a linha que liga o Jabaquara ao Tucuruvi teria a funcionalidade já em fevereiro de 2021, e o eixo metroviário que liga Itaquera a Barra Funda, em julho. Já a instalação das portas de plataforma, em todas as estações dos dois ramais, o cronograma previa as intervenções até 2022. Os equipamentos nas estações terminais serão fornecidos pela Alstom, e nas demais seria pelo consórcio Kobra. Mas o contrato com esse último consórcio será anulado.

Foto: Diário dos Trilhos

Os dois tipos de funcionalidades, tanto as portas plataforma quanto do CBTC constam no novo relatório como “em reprogramação“.

Vila Sônia e Linha 17

O novo documento ainda reforça a meta de entregar a estação Vila Sônia à ViaQuatro em maio de 2021, o que indica possível inauguração ainda neste semestre. O relatório não estabelece meta de entrega para a Linha 17-Ouro. No anterior, falava-se em entrega do monotrilho em 2023.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios