Foto: Benjámin Zelki
Metrô SP

MP considera irregular retirada de árvores para obras da Linha 2-Verde do Metrô

A autorização para a retirada de 100 árvores para as obras de prolongamento da Linha 2-Verde do Metrô, da Vila Prudente para a Penha, foi considerada irregular pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP), de acordo com uma reportagem do G1.

O MP considerou irregulares a autorização pela Cetesb, sendo que muitas das espécies eram consideradas raras, e o canteiro central é na região da Vila Formosa, Zona Leste da capital paulista.

O local em questão é para o futuro estacionamento Rapadura. As obras estão em curso com a preparação dos canteiros centrais. A previsão é que o trecho entre em operação até 2026, quando a Linha 2 será conectada com a Linha 3-Vermelha na Penha.

Serão investidos R$ 6 bilhões em recursos exclusivos do Estado. O novo trecho deve acrescentar 300 mil passageiros por dia na Linha 2-Verde, e com isso, a demanda total deve ser de 1,1 milhão. Há planos sem uma data certa de levar o eixo metroviário da Penha rumo a Guarulhos, na futura estação Dutra, em conexão com a também futura linha 19-Celeste.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios