Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Estado vai autorizar ordem de serviço para retomada das obras do monotrilho da Linha 17

O Governador João Doria deve visitar as obras da Linha 17-Ouro do monotrilho, e a secretária dos Transportes metropolitanos deve assinar a ordem de serviço para retomada dos trabalhos. A linha que vai ligar a estação Morumbi até o Aeroporto de Congonhas e a estação Jardim Aeroporto, atualmente conta com trabalhos apenas na parada que fará conexão com a Linha 9-Esmeralda da CPTM, na marginal Pinheiros.

As demais sete estações, assim como pátio e via seguem com os trabalhos parados, mesmo com mais de 80% de conclusão.

Há um ano o Metrô assinou contrato com uma empreiteira para finalização dos trabalhos, mas o processo foi barrado na justiça após uma das concorrentes ter questionado o resultado da licitação.

Baldy mantem promessa para 2022

De acordo com Alexandre Baldy, secretário dos transportes metropolitanos, em entrevista a sites especializados de transportes, entre eles o Via Trolebus, durante a entrega de dois trens da série 2500 para a Linha 13-Jade, o prazo para entrega do monotrilho que vai correr na Avenida Roberto Marinho se mantem para 2022.

Se o plano der certo, o monotrilho vai abrir as portas dez anos após o início de suas obras. A trajetória do monotrilho em uma década foi marcada pela promessa de levar turistas na copa do mundo de 2014, e uma série de paralisações nos trabalhos por questões judiciais e empresas que venceram as concorrências, mas que não conseguiram entregar o que foi acordado.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios