Foto: São Paulo em Fotos @SPFotos
Recordar é viver

Trólebus e ferrovia já dividiram a mesma rua na Zona Norte de São Paulo

Nos anos 1950 o sistema de trólebus paulistano se consolidava. É nesse período que foram implantadas as linhas Santa Margarida Maria (atual 4112-10), Gentil de Moura (atual 4113-10), Santa Terezinha, Mooca e Mandaqui. Além disso, os veículos elétricos chegavam no Parque Peruche, por meio da Rua Alfredo Pujol, na extinta linha 1301.

Ao mesmo tempo, a região era cortada pelo Tramway da Cantareira, uma ferrovia de carga e passageiros, que operou no município de São Paulo, entre o bairro do Pari e a Cantareira (pouco além do atual bairro do Tremembé), além de um ramal que seguia até o município de Guarulhos. O eixo ferroviário operou até 1964.

O primeiro eixo corria pela Rua Alfredo Pujol, e neste meio tempo, os dois meios de transportes dividiram vias, como na imagem abaixo do perfil SP em Fotos:

A ferrovia foi suprimida nos anos 60, e o atendimento dos trólebus terminou no dia 09 de agosto de 2002, quando as quatro linhas que atendiam a região tiveram suas frotas substituídas por ônibus a diesel.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios