Mobilidade Urbana

Reeleito, Covas prometeu transporte hidroviário na Represa Billings

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que foi reeleito neste domingo, 29 de novembro de 2020, e durante a campanha eleitoral, prometeu um transporte hidroviário na Represa Billings, Zona Sul. O modelo seria inédito na capital paulista.

O transporte, se virar realidade, funcionará com o Bilhete Único ligando o Cantinho do Céu, Cocaia, Jardim Apurá até o Atracadouro da Pedreira. Há projetos de integrar o meio de transporte com os ônibus, Metrô e trens, ao estilo do transporte público de Amsterdam, na Holanda.

Em 2017, o prefeito João Doria (PSDB) promulgou a lei nº 16.703, que trata do Plano Municipal de Desestatização (PMD). O projeto está associado à meta 44 do Programa de Metas da gestão passada. A proposta inclui a previsão de contrato com uma entidade que terá como “escopo realizar a exploração, administração, manutenção e conservação de terminais de ônibus do Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros e do Sistema de Transporte Público Hidroviário na cidade de São Paulo”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Não conseguiu fazer nenhum quilômetro de corredor de ônibus quanto mais fazer transporte sobre a represa, esse prefeito parece que não tem prioridades na cidade.

Publicidade

Anúncios