Foto: Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo
EMTU

Governo de SP apresenta os primeiros ônibus antivirais

Com a pandemia do novo coronavírus em curso, o uso do transporte coletivo acaba sendo motivo de preocupação de todos. Fabricantes, no entanto, já oferecem soluções de veículos que possuam materiais seguros, e uma empresa que opera linhas metropolitanas em São Paulo já conta com veículos deste tipo. Há promessa ainda de que duas centenas de uma frota de veículos siga a mesma iniciativa.

Neste quinta, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e o vice-governador Rodrigo Garcia anunciaram os 12 primeiros veículos chamados “antivirais“.

Foto: Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo

Segundo comunicado da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, bancos, balaústres e catracas dos veículos foram revestidos com um tecido que possui ação antibacteriana e antiviral e oferecem proteção aos vírus influenza, herpes vírus e coronavírus.

Foto: Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo

Dessa forma, é possível evitar a contaminação cruzada, quando uma pessoa infectada com o vírus coloca a mão em uma superfície e, em seguida, outra toca no mesmo local, correndo o risco de contrair a doença.

Os coletivos são da Viação Osasco, da Região Metropolitana de São Paulo. O material está sendo produzido para revestir outros 200 veículos, trazendo ainda mais segurança aos passageiros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios