Metrô SP

Edital do projeto básico da Linha 19-Celeste do Metrô é anulado

O edital de licitação para elaboração do projeto básico da Linha 19-Celeste do Metrô foi anulado pelo Tribunal de Contas do Estado, de acordo com a Folha de São Paulo.

Há questionamentos sobre os critérios de escolha do vencedor da concorrência. Os juízes atenderam a um pedido do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (SINAENCO), que diz que que a licitação deveria ter levado em conta o aspecto técnico dos participantes, e não apenas o menor preço.

O Metrô, por sua vez, de acordo com o texto, diz que vai acatar a decisão, e realizar uma nova concorrência no fim do ano.

A Linha 19-Celeste, em sua primeira fase, vai ligar Guarulhos, no Bosque Maia, até o centro de São Paulo, na estação Anhangabaú. Terá 17,6 km de extensão e 15 estações, podendo transportar cerca de 630 mil passageiros por dia.

Estações projetadas: Bosque Maia, Guarulhos, Vila Augusta, Dutra, Itapegica, Jardim Julieta, Jardim Brasil, Jardim Japão, Curuçá, Vila Maria, Catumbi, Silva Teles, Pari, São Bento e Anhangabaú.

Há planos no futuro de levar a Linha 19 rumo a Zona Sul de São Paulo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios