CBTU

Acordo com o MP pode liberar recursos para a Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte

Promessa de mais de 20 anos, a Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte, operado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, pode sair do papel. De acordo com a operadora, entre 1998 e 2004, foram executadas obras de infraestrutura do trecho, como terraplenagem, drenagem e contenções. Mas, desde então, não houve mais investimentos do governo federal e pelo menos 36% das construções de infraestrutura do traçado precisam ser concluídas.

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) neste final de semana, comemorou em sua rede social um acordo com o Ministério Público (MP) que pode liberar recursos para o projeto de conectar o sistema à região do Barreiro.

Parabéns, Belo Horizonte. Conseguimos uma grande vitória. Dinheiro da Vale será revertido do Tesouro para o financiamento da Linha 2 Metrô Calafate x Barreiro”, escreveu o senador Carlos Viana. Já o prefeito, acabou compartilhando o tuíte do senador.

O recurso viria das multas ferroviárias, e o financiamento das obras está garantido em um fundo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que será administrado pelo governo de Minas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios