Foto: Metrô
Metrô SP

Prometida inicialmente para 2009, estação Vila Sônia deve atrasar mais uma vez

De dezembro para janeiro de 2020, e agora para março de 2021. Este seria o novo prazo de entrega da estação Vila Sônia, na Linha 4-Amarela do Metrô, de acordo com um artigo publicado pelo site Metrô/CPTM, assinado por Ricardo Meyer.

As obras do eixo metroviário operado pela ViaQuatro foram iniciadas 2 de setembro de 2004, e era previsto que sua segunda fase, já com Vila Sônia, estaria operando em 2009.  A promessa foi feita sem ao menos a contratação de construções para a segunda parte do projeto, que só teria a concorrência pública realizada em 2011, dois anos após a primeira promessa de operação, a um custo total estimado em dois bilhões de reais. Quinze consórcios apresentariam propostas no dia 22 de setembro de 2011.

Foto: Metrô

A nova expectativa era então a entrega de Vila Sônia em 2014, e falava-se que a Linha 4-Amarela chegaria em Taboão da Serra em 2020. No ano da copa do mundo, apenas Fradique Coutinho foi aberta. “Para entregar a Fradique Coutinho já foi um sufoco”, lamentou o governador Geraldo Alckmin, em fevereiro de 2015.

O Governo Estadual acabou cancelando contrato com a vencedora, que não deu conta do recado e atrasou os trabalhos, e o poder público acabou realizando uma nova licitação para contratação de outra empresa para finalizar as estações.

A nova estação deve acrescentar mais 1.400 metros à Linha 4, e Vila Sônia deve receber um volume diário de 86.620 passageiros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A típica e lamentável incompetência observada nos governos tucanos há mais de 20 anos no estado de SP. O governo que permite e normaliza esse tipo de comportamento, com o imenso desprezo com a população, deveria ser responsabilizado nos âmbitos civis e penais.
    Quero ver o militante “Ivo” defender mais essa nefasta e absurda amostra de ineficiência desta gestão…

    • PSDB está a mais de 20 anos e não sabe lidar com esse tipo de gestão, com o investimento que o estado possui já erra pra ter varias linhas de METRÔ em funcionamento.

    • Provavelmente o militante em questão iria falar que a culpa é dos empregados do metrô, da crise que deixa o governador sem grana, que a Vila Sônia não tem demanda, etc. Já conheço o script de desculpas esfarrapadas dele.

  • Obras do governo se tratando PSDB São normais os atrasos em obras, o governo não tem comprometimento com esses tipos de obra e as construtoras também não. Não seguem o cronograma é o governo não acompanha.
    Em outros países o metrô fica pronto em 2 anos e não atrasa as obras, porem aqui o período é de 10 anos quase então da pra ver a incapacidade de engenharia e construção desse tipo de obra.
    Fora o gasto que não convém com a realidade da obra.

Publicidade

Anúncios