Foto: The Photographer
Greve Metrô SP

Mesmo com greve cancelada, estações do Metrô de SP ficam fechadas nesta terça-feira (28)

Por volta das 5 horas da manhã desta terça-feira, 28 de julho, as estações de 4 linhas metroviárias permaneciam fechadas. Ainda pela madrugada, uma assembleia de emergência foi convocada, e acabou por suspender a greve que seria realizada nesta terça.

A desmobilização dos trabalhadores, no entanto, não ocorreu a tempo de iniciar a operação, e estações das Linhas 1-Azul [Jabaquara – Tucuruvi] 2-Verde [Vila Madalena –  Vila Prudente] 3-Vermelha [Corinthians-Itaquera – Palmeiras-Barra Funda], e o monotrilho da Linha 15-Prata [Vila Prudente – Vila Madalena] tiveram a abertura atrasada.

Trecho reabertos depois das 6h

O Metrô de São Paulo informava por meio de seu site e redes sociais que por volta das 07h20, as Linha 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha 15-Prata estavam operando normalmente.

A greve que ocorreria nesta terça-feira, 28 de julho, foi cancelada ainda pela madrugada. Mas não houve tempo hábil de avisar todos os colaboradores, e as estações que deveriam ser reabertas às 04h40, ficaram fechadas.

Depois das 6 horas da manhã, as linhas 3 e 15 foram reabertas, e as linhas 1 e 2 tinham operações parciais. Por volta das 07h25, todas as linhas operavam normalmente.

Greve suspensa

Após um contato do secretário dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, com o sindicato dos metroviário, a categoria decidiu por suspender a greve que ocorreria nesta terça-feira, 28 de julho de 2020.

Baldy sinalizou que aceito a proposta sugerida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), enviada ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios