VLT

Hungria vai adquirir VLT híbrido para ligar duas cidades

O operador nacional de passageiros da Hungria, a MÁV-Start, deve adquirir Veículos Leves Sobre Trilhos – VLT híbridos da fabricante suíça  Stadler, para a rota que está sendo construída para ligar Hódmezővásárhely à Szeged.

O projeto quer estabelecer um serviço de alta qualidade para os passageiros diários entre as duas cidades, que estão a 25 km de distância uma da outra.

Os trens devem usar energia elétrica nos trechos urbanos das duas cidades e serão alimentados por duas baterias de diesel de baixa emissão, na ligação entre os dois pontos, no trecho de menor adensamento populacional.

Os veículos serão de piso baixo, terão 37 metros de comprimento e 2650 mm de largura, com capacidade para 220 passageiros, incluindo 92 sentados. Eles terão quatro vagas para pessoas com mobilidade reduzida, incluindo cadeirantes e pessoas com carrinho de bebê.

Serão capazes de vencer curvas com o raio de 22 metros e terão portas em diferentes alturas, além de rampas deslizantes para facilitar o acesso às estações sem exigir modificações na infraestrutura. Outras características incluem ar-condicionado, sistema de câmera e de informações a passageiros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios