TAV

Operadora espanhola promete emitir relatórios provando que os trens estão livres da Covid-19

A Renfe, uma das entidades públicas empresariais que explora a rede ferroviária espanhola, promete emitir relatórios que provem que suas composições estão totalmente desinfectados do novo coronavírus. A operadora nacional designou a Associação Espanhola de Padronização e Certificação (Aenor) para conduzir uma auditoria das medidas de prevenção da Covid-19.

O programa “Objetivo de Trem Seguro da Renfe” foi desenvolvido pela empresa para garantir que todos os serviços sejam operados com a mais alta consideração de higiene e saneamento dos passageiros. A empresa acredita que a medida incentivará as pessoas a voltarem aos seus hábitos de viagem anteriores.

O processo de certificação se concentrará inicialmente nas frotas AVE, AV City, Euromed, Alvia, Altaria e Talgo da Renfe. Os trabalhos devem ainda tingir os trens suburbanos Cercanías e Media Distancia.

A auditoria incluirá avaliações presenciais e documentais e analisará todas as situações em que os passageiros entram em contato com os serviços da empresa antes, durante e após uma viagem. Os trabalhos ainda devem realizar “check-in” e acesso a trens nas estações, distribuição de passageiros a bordo, limpeza e desinfecção do interior do trem, além de medidas para proteger passageiros e funcionários.

A empresa só não divulgou como vai controlar eventuais passageiros infectados.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios