Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Greve Metrô SP

Metrô de São Paulo pode entrar em greve no dia 1º de julho

O sindicato dos Metroviários, em um comunicado, informou que a categoria pode parar no dia 1º de julho, quarta-feira. Segundo a entidade, o governo estadual quer reduzir direitos, além de não aumentar salários.

Uma assembleia online deve ocorrer no dia 30 de junho para definir os rumos da paralisação, que pode afetar as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do monotrilho. As demais são operadas pela iniciativa privada.

Os trabalhadores aprovaram com mais de 90% dos votos a decretação de Estado de Greve, com possível paralisação no dia 1º/7 se a empresa e o governo Doria não retirarem a proposta de corte de salários e retirada de direitos” – diz o comunicado. Segundo o texto, a assembleia contou com a participação de 2.505 trabalhadores.

A entidade vem nos últimos dias promovendo uma campanha nas redes sociais com a hashtag #EuApoioOsMetroviarios, para buscar apoio no movimento de reivindicação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • E lá vamos nós novamente: nós trabalhadores e pagadores de impostos somos vítimas de sindicatos politiqueiros.
    Com atitudes assim, eles só justificam nossa necessidade de privatizar o sistema metroviário, e eliminar essas intromissões ridículas de pessoas que visam impor sua hegemonia enquanto usufruem dos benefícios providos pelo funcionalismo público.

Publicidade

Anúncios