Foto: Samuel Rocha
Greve

Greve: Sindicato promete atrasar o início da operação dos ônibus em São Paulo nesta quarta (1º)

Em assembleia realizada na última segunda-feira, 29 de junho de 2020, o Sindmotoristas aprovou por unanimidade a decisão de atrasar a saída dos ônibus das garagens nas primeiras horas desta quarta-feira, 1º de julho. O sindicato não estabeleceu os horários dos protestos.

De acordo com a entidade, o atraso seria uma forma de protesto contra a redução da frota de coletivos e contra o desemprego na categoria.

A cidade conta atualmente com mais de 80% dos ônibus em operação. São ao todo 10.791 veículos, o que representa 84% da frota antes da pandemia. Mas a quantidade chegou a ser de 92% antes da retirada de parte dos coletivos.

A SPTrans, por sua vez, informou que a quantidade de ônibus da cidade será readequada para priorizar o atendimento em bairros mais afastados do centro, onde está maior concentração de casos Covid 19 e síndromes respiratórias.

De acordo com a gerenciadora do transporte paulistano, “a readequação corresponde a 8,39% dos veículos que circulam atualmente. Com a mudança, 10.791 coletivos seguirão operando em São Paulo, ou 84% da frota total antes da quarentena”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios