Recordar é viver

Até o final dos anos 90, trem de passageiros ligava Embu-Guaçu a Santos

Falar da ligação entre São Paulo e a Baixada Santista, operada por trens de passageiros, quase sempre é mencionado as ligações entre Jundiaí e Santos por Paranapiacaba, ou a ligação entre o centro e Santos por meio da ligação ferroviária que existia na Zona Sul.

Mas um outro serviço operava até 1997, na ferrovia Mairinque-Santos, com um atendimento entre Embu-Guaçu e a baixada Santista. Segundo o site Estações Ferroviárias, a pedido da prefeitura municipal de Embu-Guaçu, em 1982, a Fepasa operou o trem que geralmente formado por carros inox série 500 da Budd, ou então, carros de aço carbono anteriormente usados pela operadora Mogiana.

As composições eram tracionados por uma locomotiva a diesel GL-8. Foi extinto em outubro de 1997, junto com a linha Santos-Juquiá.

O site cita a fala de Ricardo Koracsony, citando em alguns momentos, “haver muitas pessoas em pé no interior do trem. Se não me engano era o primeiro sábado de setembro de 1993 e logo imaginei que muitas pessoas iam para a baixada no sábado e retornariam somente no domingo no mesmo trem”.

Apesar do uso, as composições não estavam em bom estado em seus últimos anos de operação. “Esse trem de Embu-Guaçu nos seus tempos finais já estava com os carros caindo aos pedaços, sujos, com bancos rasgados, janelas quebrados e o tradicional cheiro de urina da Sorocabana” –  diz outro relato do site.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Eu trabalhava em Santos em 1989 e estávamos acampados com as crianças em Itapecerica da Serra. Vi que poderia ir de trem. Foi bem dificil mas muito emocionante. Nem acredito no que digo… Sai do trabalho de contador na CE-BRASIL no Canal 3 as 17 horas peguei o trem na Ana Costa – seguiu para litoral Sul – trocou de vagão e subiu a Serra do Mar – essa parte foi a mais emocionante porque sendo verão ainda peguei o final do dia podendo apreciar o trem passando pelo da serra. Depois tive que pegar um onibus para chegar ao acampamento as 2 da manha. E sai as 4 para poder chegar em Santos da mesma forma no outro dia as 8 da manha… TEMOS QUE LUTAR PARA GARANTIR O RETORNO DAS LINHAS FERREAS EM TODO O PAIS – OS LEITOS DAS FERROVIAS ESTÁO BOA PARTE AINDA PODENDO SER SALVOS – VEJO ISTO AQUI EM ITANHAEM, VI ISTO EM CAMPINAS, EM HORTOLANDIA, E TODA AQUELA REGIÃO – Já utilizei trem Maria fumaça em passeios e fui a muitos museus onde eram estações de trem. MAS QUEREMOS MESMO É O RETORNO DAS VIAS FERROVIARIAS PARA PASSAGEIROS, A BAIXO CUSTO – iniciando trazendo o VLT de Santos até Peruibe!

Publicidade

Anúncios