Foto: Samuel Rocha
Mobilidade Urbana

Pedido de suspensão de rodízio em SP é negado pela justiça

A Justiça negou o pedido de suspensão do rodízio ampliado de veículos em São Paulo. A liminar solicitada pelo vereador Fernando Holiday, acabou sendo negada. Desde a segunda-feira, 11 de Maio, a restrição vale por toda a cidade, e não só no centro expandido, e 50% dos automóveis não podem circular de acordo com o final da placa.

Isolamento ainda abaixo dos 50%

Mesmo após o início do rodízio de veículos mais rígido, o isolamento social na cidade não passou a casa dos 50%. No entanto, a média foi maior em relação aos dias úteis na semana passada, quando a taxa ficou em torno dos 47%.

A cidade de São Paulo registrou 49,3% de índice de isolamento, segundo revelou o prefeito Bruno Covas (PSDB) em entrevista à GloboNews.

“O índice de isolamento, que era de 46% nesta sexta-feira, foi de 49,3% nesta segunda-feira. Um aumento de quase 10% em relação ao índice de sexta-feira. Mostra que estamos no caminho de voltar aos 55% e 60%, que nós tínhamos no começo da quarentena. Eu já me comprometi, voltando a este índice, a gente volta a suspender o rodizio na cidade de são Paulo.” – disse o prefeito.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios