Foto: Divulgação GESP
Mobilidade Urbana

Metrô, CPTM e EMTU ganharam em torno de 300 mil passageiros após volta do rodízio

Os sistemas de transportes coletivos metropolitanos, gerenciados pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos, ganharam 300 mil passageiros a mais, desde a volta do rodízio de veículos na capital paulista, de forma mais rígida.

A afirmação é do secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, em uma transmissão ao vivo no portal Uol. O acréscimo foi nas linhas do Metrô, na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM e nos ônibus intermunicipais gerenciados pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU.

Perguntado se a medida de volta da restrição mais dura de veículos foi acertada, Baldy disse que “qualquer medida que possa haver aumento no transporte publico, é de se reavaliar”.

Aumento na demanda

O ex-ministro das cidades afirmou ainda que no dia 26 de março, logo após a decretação da quarentena, os transportes metropolitanos transportaram apenas 20% da média habitual dos usuários. Baldy disse que após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, contra o isolamento social, a volta da demanda foi gradativa, e o uso dos meios de locomoção se intensificou nesta semana de volta do rodízio. Somente nos ônibus da EMTU, a demanda subiu em 16% na ultima segunda-feira, em relação a sexta passada, segundo Baldy.

Transmissão ao vivo:

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios