Mobilidade Urbana

Baldy diz que não foi avisado sobre implementação de novo rodízio em São Paulo

O secretário dos transportes metropolitano estadual, Alexandre Baldy, disse em entrevista a Rede Bandeirantes que não foi avisado pela Prefeitura de São Paulo sobre a implementação do novo rodízio municipal que começa a vigorar na próxima segunda, 11.

De acordo com a gestão Covas, o rodízio será 24 horas todos os dias (a medida vale para sábado, domingo e feriados também) por toda a cidade e os carros com placas finais pares poderão circular nos dias pares e os carros com placas finais ímpares circularão nos dias ímpares.

Baldy diz que sua preocupação é que muitos trabalhadores moram em cidades vizinhas e trabalham em São Paulo. O meio de locomoção de grande parte é com veículo próprio.

O secretário diz que a demanda no Metrô, CPTM e EMTU pode aumentar entre 25% e 30% com a medida do rodízio e que está em conversa com os responsáveis destas estatais para verificar medidas para aumentar as frotas de ônibus e trens.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios