CPTM Metrô SP

4 incidentes com pantógrafos em trens. A diferença dos equipamentos entre Metrô e CPTM

As peças carecem de manutenção constantes, o que não livra de eventuais incidentes. Confira no vídeo acima acima 4 vezes onde os incidentes com esses equipamentos foram flagrados por câmeras.

O que são os pantógrafos ?

Os pantógrafos são dispositivos instalados no topo dos trens, que os alimenta com corrente eléctrica recolhida da catenária. A quantidade desses dispositivos depende do tipo de tração que a composição dispõe. Por exemplo, nos trens das Linhas 4-Amarela e 5-Lilás do Metrô de São Paulo, cada um dos carros contem um pantografo. Mas apenas metade sobe durante cada sentido, e cada equipamento desse alimenta dois carros.

Já nos trens da CPTM, em uma composição de 8 carros, dois deles contam com as peças, totalizando 4 equipamentos, mas em cada sentido apenas dois deles entram em contato com os cabos, alimentando dois carros motores.

Foto: Renato Lobo

Os pantógrafos semirromboidais são pantógrafos com a forma de Z. São chamados de pantógrafos modernos, tendo substituído os romboidais e podem ser utilizados em velocidades superiores. São automáticos e levantados mecanicamente, pneumaticamente ou eletronicamente.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios