Greve

Caminhoneiros prometem greve mais uma vez frente a pandemia do Coronavírus

Um dos líderes dos caminhoneiros, que encabeçou as paralisações da categoria em 2018, ameaça uma nova onda de protestos, de acordo com um publicação do jornal Folha de São Paulo.

Wallace Landim, conhecido como Chorão, afirma que os trabalhadores devem parar se os governadores não recuarem nas medidas restritivas por conta da pandemia do COVID 19. Entre as demandas seriam a reabertura de estabelecimentos, como restaurantes.

“Se não voltarem atrás e não sair liminar na Justiça, a categoria provavelmente vai parar. Vai paralisar naturalmente, por não ter como trabalhar, e parar em protesto”, afirma.

Já o Governador João Doria, anunciou na última terça, que kits com alimentos seriam distribuídos aos caminhoneiros, além de isenção em balanças nas rodovias. A publicação da conta de que há monitoramento dos trabalhadores em grupos nos aplicativos de mensagens.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios