Metrô SP

Metrô adia recebimento de propostas do projeto da Linha 19-Celeste

O Metrô de São Paulo divulgou na manhã desta terça-feira, 24 de março de 2020, que adiou o recebimento de propostas para elaboração do projeto básico da Linha 19-Celeste. O adiamento foi informado no Diário Oficial do Estado, e a nova data é no dia 06 de maio de 2020.

O trecho em questão é entre Bosque Maia, na cidade de Guarulhos, até a estação Anhangabaú, em conexão com a Linha 3-vermelha, no centro de São Paulo.

Trajeto

Guarulhos é a segunda cidade mais populosa do estado de São Paulo, sendo a 13ª mais populosa do Brasil e a 53ª mais populosa do continente americano, com 1.365.899 habitantes, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018.

O site Metrô/CPTM  trouxe alguns detalhes do possível traçado e os bairros por onde deve passar o eixo metroviário.

De acordo com a publicação a Linha 19 deve cortar os bairros guarulhenses de Macedo, Vila Augusta, Vila Endres, Vila Itapegica, em Guarulhos, além de Jardim Julieta, Vila Medeiros, Jardim Japão, Vila Maria, Brás, Luz e o centro, na cidade de São Paulo.

Sem prazos

Não existe prazo para início das construções. Provavelmente a próxima administração estadual deverá definir se vai iniciar as construções do tão sonhado Metrô na cidade de Guarulhos.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Na minha opinião esta linha deveria começar em Campo Belo, pois poderia aproveitar o pátio Guido Caloy para colocar os trens que irão operar nesta nova linha. Com isto seria economizado dinheiro para fazer um novo pátio, além de dinheiro tempo. Esta linha iria utilizar os mesmos trens que são utilizados na linha lilás, o que ajudaria na padronização dos equipamentos e na sua manutenção. Esta linha deveria ser estendida até o terminal rodoviário de Guarulhos e se integrando com a linha 13 Jade da CPTM. Assim isto estimularia mais pessoas a utilizar a linha 13 da CPTM, e o terminal rodoviário de Guarulhos poderia receber algumas linhas de ônibus que teriam como destino o terminal rodoviário do Tietê, desafogando o trânsito da Dutra e da marginal Tietê. A linha 13 poderia ser estendida até Santa Isabel ou Igaratá . Infelizmente a atual gestão utiliza mais critérios políticos que técnicos, já que enterraram o metrô para São Bernardo substituindo por BRT. É só ver como está o Transmilênio em Bogotá para ver que isto vai ficar saturado em pouco tempo, não diminuiu os engarrafamentos e não estimulou as pessoas a utilizarem o transporte coletivo. Como diz um ditado clássico: “País rico não é aquele onde o pobre consegue comprar um carro, mas aquele onde o rico utiliza transporte público.”

Publicidade

Assuntos

Anúncios