Trem da série 8000 na Linha 8-Diamante | Foto: Diego Torres Silvestre
Trens Regionais

Governo estuda incluir trem até Sorocaba na concessão de linhas da CPTM

O governo do Estado estuda incluir um serviço de trem de passageiros entre a capital paulista e Sorocaba, na concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, hoje operadas pela CPTM.

A afirmação é do Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, nas redes sociais. “Temos estudos sendo feitos, com previsão de levar o trem de passageiros da Linha 8 até Sorocaba na Concessão que será colocada aos investidos privados“.

O modelo de concessão seria semelhante ao da Linha 7-Rubi, onde é prevista a concessão casada com o Trem Intercidades entre a cidade de São Paulo e Campinas, passando por Jundiaí. Ou seja, o operador faz a gestão do trem metropolitano e do Intercidades.

A ligação ferroviária entre a capital e Sorocaba já estava nos planos a médio e a longo prazo do governo, assim como o trem para São José dos Campos e Santos. Mas a ferrovia até Campinas é a que tem o projeto mais maduro, e que deve sair primeiro do papel.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Caso esta concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda seja planejada e executada, é óbvio que se deva incluir um serviço de trem de passageiros entre a capital e Sorocaba no pacote, ( É condição Sine Qua Non ) o operador fara a gestão do trem metropolitano e do Intercidades, não tem como se separar, sob o risco de se ocorrer o mesmo imbróglio que aconteceu na GRU Airport, em que um contrato de concessão mal elaborado no qual passageiros tem que fazer um transbordo desnecessário a 1,2km do primeiro terminal e 2,5km do terceiro, desmotivando os passageiros a utilizar a Linha 13-Jade.

    Também é fundamental e imprescindível que se construa a Estação integradora de passagem do Bom Retiro e se revitalize a Estação terminal Júlio Prestes para receber os trens metropolitanos e o Intercidades procedentes desta região.

  • É fácil, utilizem ao máximo a estrutura do q tinha antes. No tempo da FEPASA, era as máquinas loba, via duplicada até Iperó.Descompliquem o projeto. Faça bitola larga até Sorocaba, visto q vai ter q refazer boa parte do trajeto, coloque trem a diesel e depois vai melhorando, aumente as vias de ultrapassagem no trecho da CPTM, utilizando o mesmo leito, economiza com licenças ambientais. E quanto as curvas, não se preocupem estudiosos investidores, quem gosta de andar de trem , não tem coisa melhor quando o trem entra numa curva, terminou a curva, volta acelerar.nao compliquem o projeto, ele funcionou até acaba lo. Com o q existia, dava para fazer Sorocaba São Paulo em uma hora e meia. Porque hoje já não dá mais?

Publicidade

Assuntos

Anúncios