Foto: Renato Lobo
CPTM

CPTM prevê redução no intervalo do Expresso Aeroporto

O serviço expresso de trem da Linha 13-Jade entre a estação da Luz e o Aeroporto de Guarulhos deverá ter redução em seu intervalo. O prazo, no entanto, não foi revelado. A informação foi postada em uma reportagem do jornal “Folha de São Paulo“, em uma publicação sobre o baixo fluxo de passageiros no atendimento.

“O aumento de passageiros prosseguirá com a redução dos intervalos e a popularização da linha”, diz a reposta da operadora.

O trem custa R$ 8,80, tem um tempo de deslocamento de cerca de 30 minutos, nos horários: No sentido Aeroporto: 10h, 12h, 14h, 16h e 22h. Nos finais de semana e feriados: 8h, 13h e 18h. No sentido Luz, são: 9h, 11h, 13h, 15h e 21h. Nos finais de semana e feriados: 7h05, 12h05 e 17h05.

Trem vazio

O texto mostra que em 2019, o atendimento atingiu a média de 350 passageiros por dia útil. Este volume de passageiro caberia em um trem, e sobraria bastante espaço, já que uma composição pode levar mais de 2 mil pessoas.

Estação Aeroporto Guarulhos da Linha 13-Jade | Foto: Renato Lobo

O que precisa ser feito para a redução no intervalo?

O ponto chave na redução do intervalo deste, e de outros atendimentos esbarra na modernização do sistema de sinalização, tecnologia que controla os trens, suas movimentações e velocidades. A companhia prevê a troca, mas sem um prazo definido.

Uma licitação para a elaboração de projeto executivo, fornecimento e implantação de um novo sistema de sinalização para a Linha 12-Safira, foi feita em 2019.

A nova tecnologia possibilitaria a redução do intervalo para três minutos no trecho entre as estações Tatuapé e Calmon Vianna. A linha 12 liga Calmon Viana até a estação Brás. O trecho entre Brás e Engenheiro Goulart é compartilhado com os serviços Connect e Airport Express, da Linha 13-Jade.

Já nas Linhas 10-Turquesa e 11-Coral, devem ser as primeiras a receber o sistema de sinalização chamado de CBTC (Communications-Based Train Control), sigla em inglês que traduzindo ao nosso português se refere a “Controle de Trens Baseado em Comunicação”.

O objetivo é reduzir o intervalo entre as composições para 3 minutos. O Serviço Expresso Aeroporto divide os trilhos com a Linha 11 entre as estações Luz e Brás.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A CPTM quer ampliar um serviço que não é bem utilizado, baixa demanda ao invés de ampliio connect que tem se mostrado mais eficiente e o mais utilizado pelos usuários da linha.

  • Esse Expresso da linha 13 Jade não tem trilho próprio no trecho entre as estações engenheiro Goulart e Brás, ele utiliza os trilhos da linha 12 Safira causando atrasos para os passageiros desta linha nos horários que circula. Essa redução nos intervalos só vai causar mais atrasos a milhares de passageiros que utilizam a linha 12 dando prioridade à algumas dezenas de passageiros da linha 13. Isso é um absurdo!!!

    • O intervalo entre as duas linhas que compartilham o mesmo trilho é grande, porque não há, ainda, o sistema CBTC instalado nesse trecho. O sistema é um anti colisão assim permitindo que os trens possam circular um próximo ao outro. Quando o sistema estiver em funcionamento, o compartilhamento de via será o de menos e a circulação será mais rápida. Resta saber se haverá trens suficiente para cobrir esses intervalos e quando teremos essa comodidade (?)

  • O problema não é o intervalo dos trens e sim a linha sair do centro e levar a lugar algum. Quem vem de Guarulhos nao quer pagar outra passagem em Cecap ou na própria estação Aeroporto-Guarulhos. Deu para perceber que uma grande parte que pega essa linha são os trabalhadores do aeroporto (isso é ótimo, mas…). Para quem vai viajar, não chama atenção, pois quando chega na estação próxima ao aeroporto, tem que pegar um ônibus para chegar aos terminais. Aeroportos de grandes cidades o trem sai praticamente de dentro dos terminais do aeroporto, aqui no Brasil para se eleger ou reeleger, os políticos fazem meia boca para liberar o ramal as pressas. Assim vai acontecer com a linha 17 Ouro, que os passageiros terão que andar quase 1 km para chegar no Aeroporto. Mas ali é salvo, pois não existe somente o Aeroporto, existem muitas outras coisas no entorno. A linha 13 poderia ser muito mais elaborada, se não fosse por causa de eleições e espero que futuramente ela seja estendida, pelo menos, até o Arujá para ela não ser em vão. Então, intervalo dos trens nessa linha é o de menos!

Publicidade

Anúncios