CPTM

BYD tem interesse em ligação de estação da CPTM com Aeroporto de Guarulhos

A BYD teria interesse em participar do projeto de uma ligação entre a estação Aeroporto Guarulhos, na Linha 13-Jade da CPTM, e os terminais de embarque, de acordo com coluna Painel S.A., da Folha de São Paulo.

A empresa chinesa é uma possível compradora da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. A companhia está na fase final de elaboração de sua proposta para encaminhar à concessionária GRU Airport na segunda, 23 de dezembro.

Trem a bateria

De acordo com o jornal, a proposta seria um trem com bateria no teto e recarga a cada parada nas estações.

Ligação atrasada

Com obras previstas para setembro deste ano, a conexão da estação Aeroporto Guarulhos, na Linha 13-Jade da CPTM, com os três terminais de embarque está atrasada.

Em maio deste ano, o governo estadual anunciou a ligação por meio de um people mover, um sistema sobre trilhos de baixa capacidade que ligaria a estação e os terminais em até seis minutos.

A concessionária GRU Airport informou em um comunicado que as “propostas analisadas pela concessionária serão apresentadas ao Governo Federal, ainda no início de 2020, a fim de que defina as próximas etapas para implantação do projeto”.

A concessionária também diz ainda que “o processo depende de validação do órgão do governo para escolher a empresa que implantará o sistema de conexão rápida entre a estação de trem da CPTM e os terminais de passageiros do aeroporto internacional”.

Estação Aeroporto Guarulhos – Foto: Renato Lobo

Situação atual

Atualmente, o passageiro que escolhe a Linha 13-Jade da CPTM para se deslocar entre a capital paulista e o Aeroporto de Guarulhos, ainda precisa utilizar um ônibus circular, para acessar os três terminais de embarque. O cenário é criticado por alguns passageiros, já que os trens não chegam de fato aos terminais.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Embora existam dezenas de empresas interessadas entre nacionais e internacionais em fazer esta extensão, deveria se levar em conta o modal da Linha 13-Jade, bitola de 1,6m a fim de se evitar baldeações, portanto a maioria não atende, e continua-se procrastinando indefinidamente em uma atitude enfadonha por um contrato de concessão mal elaborado.

    A concessionária a GRU Airport anunciou recentemente que ônibus da Cometa procedentes da baixada paulista tem permissão ao acesso a este aeroporto, a se somar aos outros Uber, Taxis, Veículos particulares etc, além de melhorias com reformas de nova iluminação, pisos e banheiros.

    Do discurso dos atuais “gestores” sempre é exaltado que se deva dar prioridade ao transporte coletivo em detrimento do individual, mas praticamente isto nunca se efetiva, desta forma transbordos sempre que possível devem ser eliminados em nome da agilidade, logística, segurança e do conforto dos usuários, mesmo não possuindo bagagens, as possuindo então como é o caso é muito pior.

    Em pesquisa recente se constatou-se que a Linha 3-Vemelha está trafegando com 7,1 passageiros por m², em contraste com a Linha 13-Jade carrega hoje apenas cerca de 15 mil passageiros e possui capacidade de transportar mais de 100 mil usuários por dia, e caso não surja um incentivo e uma decisão coerente, está situação não mudara.

Publicidade

Anúncios