Foto: Eduardo Ganança
Monotrilho

Metrô solicita prorrogação de licença ambiental para monotrilho até Cidade Tiradentes

Uma publicação no Diário Oficial desta quarta-feira, 30 de outubro de 2019, da conta de que a Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, solicitou à Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo a prorrogação da
Licença Ambiental de Instalação – LAI nº 09/DECONT–SVMA/2013 para a Linha 15 Prata, no trecho entre Oratório e o Hospital Tiradentes.

Segundo a publicação, o documento é referente ao futuro Pátio de Manutenção e Estacionamento de Trens Ragueb Chohfi.

O requerimento reúne trechos em operação, além de regiões de obras, e trechos cujo sua ampliação estão paralisadas. O trecho entre Oratório e Jardim Planalto está em operação. Já entre Jardim Planalto e Jardim Colonial, passando por São Mateus, em obras.

Já o trecho entre Jardim Colonial e Hospital Cidade Tiradentes, não há construções e nem previsão de trabalhos. O projeto original, no entanto, previa a chegada do monotrilho até a Cidade Tiradentes. O eixo de transporte originalmente foi projetado para ligar a estação Ipiranga, na Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, até a Cidade Tiradentes, com ao todo de 26,6 km de extensão e 18 estações.

Foto: Renato Lobo

Em 2015, o Metrô decidiu congelar as extensões entre Jardim Colonial e Hospital Cidade Tiradentes e entre Vila Prudente e Ipiranga, alegando que “a prioridade é concluir os trechos que já possuem obras avançadas antes de abrir novas frentes de trabalho”.

Mesmo com a postergação das novas estações, a companhia segue com os projetos, e para o ano de 2019 foram destinados 275 milhões no eixo Ipiranga/Tiradentes, de acordo com o relatório Integrado de 2018, publicado no site da operadora.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!