CPTM Metrô SP

Metrô e CPTM iniciam projeto piloto para pagamento de tarifas por QR Code

A partir desta terça, 3, passageiros de 7 estações da CPTM e Metrô poderão pagar as tarifas com QR Code bilhetes unitários para acessar o sistema. Este é um projeto-piloto coordenado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos que durará 45 dias.

“Inovações tecnológicas são imprescindíveis hoje para termos mais eficiência na gestão pública e melhores soluções de mobilidade. A tecnologia pode e deve ser nossa aliada para racionalizar custos, tornar o sistema de pagamento mais seguro e oferecer mais qualidade e agilidade aos passageiros”, pontua o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

Na CPTM, as estações com o novo mecanismo são Autódromo (Linha 9-Esmeralda), Tamanduateí (Linha 10-Turquesa), Dom Bosco (Linha 11-Coral) e Aeroporto-Guarulhos (Linha 13-Jade).  Já no Metrô são São Judas (Linha 1-Azul), Paraíso (linha 1-Azul e 2-Verde) e Pedro II (Linha 3-Vermelha). São dois bloqueios por cada estação com o validador.

Serão vendidos bilhetes unitários com validade de uma semana e para uso apenas no Metrô e na CPTM (não valerá para integração com outros modais). A compra pode ser feita com cartão de crédito pelo celular, por meio do aplicativo VouD, que pode ser baixado em lojas virtuais de Android e iOS. Depois, é só abrir o QR Code na tela do celular e passar nos bloqueios com validador nas estações que participam do projeto-piloto.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!