Foto: Renato Lobo
Greve

São Paulo pode ter greve de ônibus na próxima quarta-feira (31)

Por conta de possíveis risco de demissões de motoristas e cobradores de ônibus na cidade de São Paulo, o Sindmotoristas – Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo, ameaça uma paralisação nos serviços de transporte na próxima quarta-feira, 31 de julho. Uma assembleia na próxima segunda-feira, 29 de julho, deve decidir os rumos da paralisação.

A classe trabalhadora diz que uma redução na frota circulante poderá acarretar nas demissões ou realocamentos. “A Gestão de Bruno Covas insiste nas mentiras de que não haverá demissão. Mas só na primeira etapa de implantação do projeto, com a redução da frota e do número de cobradores, o sindicato estima que mais de sete mil trabalhadores serão excluídos do sistema. Por outro lado, as empresas adiantaram que não têm dinheiro para as indenizações”, diz a entidade em seu site.

O sindicato diz ainda que os trabalhadores excedentes serão remanejados para as antigas cooperativas, que, segundo o grupo, não respeitam a Convenção Coletiva de Trabalho, ao praticar salários mais baixos e sem benefícios sociais.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios