Foto: Renato Lobo
CPTM

Dois últimos trens da série 1700 da CPTM teriam sido baixados

Os dois últimos trens da série 1700 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM teriam sido baixados. As duas unidades fabricadas a partir do final da década de 70 teriam feito as últimas viagens na sexta-feira, 28 de junho, segundo informações que o Via Trolebus teve acesso.

Com a retirada dos trens antigos, a Linha 7-Rubi passa a contar apenas com 30 trens novos fabricados pela empresa Hyundai Rotem. No último dia 27, a CPTM concluiu a entregou o último trem do lote de 30 unidades da série 9500.

Série 1700

Na década de 1970, após vários protestos violentos (incluindo o incêndio de estações e trens) contra a precariedade dos trens de subúrbios no Rio de Janeiro, a Rede Ferroviária Federal – RFFSA passou a investir em um plano de recuperação emergencial do sistema. O plano previu a substituição da sinalização da via, a reforma de estações e a aquisição de novos trens.

Em 23 de dezembro de 1977, foi assinado o contrato com um consórcio formado por Mafersa (equipamentos mecânicos) e Hitachi (equipamentos elétricos) para o fornecimento de trinta unidades.

Os primeiros foram destinos para o Rio de Janeiro,  e em maio de 1987, chegaram os primeiros para São Paulo. Da mesma forma que o ocorrido no Rio de Janeiro, a disponibilidade da Série 700 em São Paulo manteve-se alta. Com isso, o índice de viagens (programadas × realizadas) subiu de 98,5% em 1987 para 99% em 1989.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!