Pátio Jabaquara | Foto: Renato Lobo
Greve Metrô SP

Greve do Metrô de São Paulo é adiada para o dia 7 de maio

Em reunião no sindicato dos metroviários, os trabalhadores decidiram por adiar a greve que estava marcada para esta terça-feira, 30 de abril de 2019. Uma nova reunião foi marcada para o dia 6 de maio, com possibilidade de paralisação para o dia 7.

A entidade se reuniu na noite desta segunda-feira para decidir o rumo dos protestos.

“Após 4 reuniões de negociações entre o Sindicato e o Metrô, os trabalhadores avaliaram que as propostas apresentadas não atendem as necessidades da categoria frente às demandas de trabalho. A empresa propôs apenas a reposição de inflação pelo índice IPC-Fipe nos salários e no VA e VR, sem aumento real”, dizem os representantes dos trabalhadores.

Sem acordo

Não houve acordo em audiência de conciliação entre o Metrô e os trabalhadores. O encontro aconteceu no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2).

O desembargador Rafael Pugliese Ribeiro determinou pagamento de reajuste com base no IPC-FIPE aos metroviários com efeitos em maio, com multa diária de R$ 300 mil em caso de descumprimento. Determinou também que o Metrô não puna os funcionários por uso de coletes e adesivos indicativos do protesto.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!