Governo de SP rescinde 3 contratos do Rodoanel Norte

O trecho Norte do Rodoanel, que deveria ter sido entregue em 2016, não deverá também ser entregue em 2019. A Dersa decidiu rescindir o contrato das empreiteiras que toca as obras dos 3 primeiros lotes.

A estatal alega “incapacidade” das empresas OAS e Mendes Junior em continuar a obra.

De acordo com o o novo secretário de Logística e Transportes, João Octaviano, ao jornal Estado, o governo deverá fazer uma nova licitação para contratar as empreiteiras para terminar os três primeiros lotes da obra.Os outros três continuam em execução e tiveram seus contratos prorrogados até junho deste ano.

“A Dersa rescindiu os três contratos e declarou inidoneidade das duas empresas, OAS e Mendes Júnior, por abandono de obra. Agora vamos retomar as discussões e ver, na forma da lei, o que dá para fazer para licitar e retomar fortemente a obra do Rodoanel”, disse Octaviano.

De acordo com a Dersa, a obra está com 85% pronta.

Fonte: O Estado


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.