Monotrilho

Monotrilho de Mumbai rompe contrato com Scomi

A Autoridade de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Mumbai – MMRDA encerrou contrato com a Scomi Engineering Bhd e Larsen & Toubro Ltd no projeto de desenvolvimento, construção, operação e manutenção do sistema de monotrilho na Região Metropolitana de Mumbai, na Índia.

Em um comunicado, a Scomi disse que a rescisão foi datada de 14 de dezembro de 2018, e entraria em vigor 15 dias a partir da data.

A empresa está discutindo com seu parceiro de consórcio a aplicação dos direitos legais”, disse a empresa. De acordo com a fabricante de trens, os trabalhos de fornecimento de atualizações sobre seu material rodante devem seguir.

Segundo a publicação do Financial Express, a decisão de convocar novas empresas se dá por vários problemas relacionados à manutenção, como quedas frequentes, bloqueios de portas além de um grande incêndio ocorrido em novembro de 2017, no qual dois carros de um trem foram destruídos. O sistema ficou parado por mais de 9 meses.

A empresa possui contratos com as linhas 17-Ouro e 18-Bronze em São Paulo, para fabricação de trens do sistema de monotrilho. Recentemente a empresa anunciou que deseja sair do consórcio que está tocando a obra da Linha 17.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Linkedin – A Máquina de Empregos

Cursinho para Enem

Cadastre-se em nossa newsletter!