VLT

Paris amplia linha mais movimentada de VLT que circula a cidade

Paris entendeu seu eixo de Veículo Leve sobre Trilhos – VLT mais movimentado que circula a cidade, com a entrega de 4,3 km da Linha T3b, ligando Porte de la Chapelle a Porte d’Asnières, no norte da cidade.

A extensão deve adicionar 90.000 passageiros por dia no ramal, e inclui oito estações e conexão com as linhas de metrô 4, 12, 13 e 14, além de um trem urbano e mais de 20 linhas de ônibus.

O custo da obra foi de 211 milhões de euros, sendo 60% financiado pela cidade, 28% pela região de Ile-de-France e 12% pelo governo francês.

Foram adquiridos mais 14 trens de piso baixo do modelo Alstom Citadis 402, expandindo a frota da linha T3 para 63 veículos. O ramal passa a contar com 26,2 km e 51 estações. A T3 transporta semanalmente 500.000 passageiros.

Estão em andamento estudos para a próxima fase do projeto, que vai estender a linha T3b de Porte d’Asnières até Porte Dauphine. A extensão de 3,2 km servirá sete estações, incluindo integração com linhas de metrô 1,2 e 3 além de duas ligações com trens urbanos.

Corredor de ônibus (BRT) ou Veículo Leve sobre Trilhos (VLT)?

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!